quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

National Geographic une-se a Douro e lança site para promover região.

Clique na imagem para ampliar

Por Fugas/Lusa (transcrição da fonte)
A National Geographic Society associou-se à região do Douro e o resultado já está na net, num site interactivo, Discover Douro Valley. Objectivos: proteger a região e divulgá-la, promovendo-a como um destino turístico de excelência. 
O projecto Geoturismo - Vale do Douro MapGuide, apresentado hoje em Alijó, pretende divulgar o património, cultura, história e pontos turísticos da região duriense, contribuindo para o desenvolvimento da sua economia através de um turismo sustentável.
Os habitantes, organizações comunitárias, empresas locais e agentes de turismo poderão inscrever no site, de forma gratuita até 5 de Maio, pontos de interesses a visitar no Douro (quintas, adegas, museus, trilhos pedestres, unidades de alojamento, etc.).
O gestor de programação para Turismo Sustentável da National Geographic Society, Jim Dion, salientou que o site pretende atrair visitantes, maximizar a sua experiência, preservar a bacia do Douro e melhorar as ofertas existentes na região. No site, vão constar micro, pequenas e médias empresas da região, com o propósito de mostrar aos visitantes a "autenticidade" do Douro.
Já o chefe da Estrutura de Missão do Douro, Ricardo Magalhães, um dos parceiros no projecto, frisou que a região duriense tem de figurar nos destinos mundiais de excelência. O site, segundo o responsável, irá agregar o Douro numa rede mundial e tornar os cidadãos activos e "parte" do processo de divulgação. "Temos de dar a conhecer o desconhecido, o autêntico e o que de melhor se faz no Douro ", afiançou Ricardo Magalhães, citado pela Lusa.
"O que falta ao Douro é projecção internacional e, hoje, qualquer realidade tem de estar em força na internet e redes sociais", ressalvou o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Douro e também da Câmara de Alijó, Artur Cascarejo.
O projecto tem um financiamento de 120 mil euros, comparticipado a 90 por cento por fundos comunitários e pelo Turismo de Portugal e a dez por cento pelo Turismo do Douro.
- Fontes: "FugasNotícias" (Público.pt) e "Discover Douro Valley"
Uma das imagens do novo site. DR - (fonte "FugasNotícias")

Nenhum comentário: