quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Retalhos da net - Douro é Património Mundial há 11 anos

Transcrição 'Noticias ao Minuto' com a devida vénia - 11:25 - 05 de Dezembro de 2012 | Por Paula Lima

A chefe de projecto da Estrutura de Missão do Douro (EMD), Célia Ramos, afirmou hoje que o Douro "vai conseguir dar resposta e vai conseguir compatibilizar tudo".

"Nós responderemos absolutamente e com toda a convicção a todas as questões que nos forem colocados e que nos estão a ser colocadas", salientou.

O Ministério da Agricultura e Ambiente divulgou em Outubro que o relatório da missão da UNESCO ao Douro concluiu que a construção do aproveitamento hidroeléctrico de Foz Tua, de acordo com o projecto revisto, é compatível com a manutenção do Alto Douro Vinhateiro (ADV) na Lista do Património Mundial".

A organização mundial fez, no entanto, críticas ao processo e exige medidas de mitigação.

A UNESCO concorda com o enterramento da central eléctrica, num projecto do arquitecto Souto Moura, mas exige conhecer e pré-aprovar soluções para a subestação e para a linha de muito alta tensão.

A organização recomendou ainda a criação de um "Plano de Gestão da Zona", com força de lei, que proteja o Douro "dos impactos cumulativos de infra-estruturas como barragens, linhas eléctricas e estradas, como por impactes incrementais resultantes da ausência de políticas de gestão consistentes".

Este plano terá de ser submetido à UNESCO até 1 de Fevereiro de 2013.

"Julgo que, neste momento, com um tremendo esforço diplomático que foi feito, com uma viva e empenhada actuação por parte do Ministério do Ambiente, nós conseguimos vencer esta batalha", sublinhou Célia Ramos.

No dia 14, no Peso da Régua, decorrerá uma cerimónia que culminará as comemorações de uma década de Património Mundial, iniciadas no ano passado, e se comemorará mais um ano após a classificação. O ADV foi reconhecido em 2001.

Os secretários de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Daniel Campelo, e do Turismo, Cecília Meireles, deverão participar no evento.

As comemorações arrancam com a inauguração do monumento "Feitoria de Alma", da autoria de Gracinda Marques.

Depois, Teresa Andresen, coordenadora do estudo de avaliação do estado de conservação do ADV fará um balanço da paisagem cultural e Célia Ramos falará sobre as linhas de força para os futuros 10 anos.

Será ainda apresentado o projecto da National Geographic, o mapa guia do geoturismo para o Douro.

As comemorações juntam a EMD, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, a Liga dos Amigos do Douro Património Mundial e a Comunidade Intermunicipal do Douro.

Clique  nas imagens para ampliar. Edição de J. L. Gabão para o blogue "Escritos do Douro" em Dezembro de 2012. Este artigo pertence ao blogue Escritos do DouroSó é permitida a reprodução e/ou distribuição dos artigos/imagens deste blogue com a citação da origem/autores/créditos.

Nenhum comentário: