quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O FADO é PATRIMÓNIO! E o ALTO DOURO VINHATEIRO ameaçado?...

PEV congratula-se com classificação do fado mas lembra Alto Douro Vinhateiro ameaçado.
AUTOR: REDAÇÃO | LEITORES: 109
SEGUNDA-FEIRA, 28 NOVEMBRO 2011 13:48 - Transcrição com a devida VÊNIA.
‘Os Verdes’ emitiram uma nota onde se congratulam com a distinção do fado, classificado como Património Imaterial da Humanidade, pela UNESCO. Segundo o Partido Ecologista, trata-se de “uma expressão artística” que está na base da identidade de Portugal. No entanto, os ecologistas lembram que outro património distinguido pela UNESCO, como o Alto Douro Vinhateiro, está sob ameaça.

A UNESCO, numa reunião do comité Intergovernamental, em Bali, na Indonésia, declarou o fado património cultural imaterial da Humanidade. A distinção da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura representa uma homenagem para a cultura, para as vozes do passado e do presente, uma homenagem a Portugal.
O Partido Ecologista ‘Os Verdes’ (PEV) realça esta distinção e louva “todos quantos têm dado vida a esta identidade”, desde fadistas, músicos, compositores, poetas e o povo, que se reconhece no fado.
Apesar de elogiar a distinção, o partido “espera que as entidades oficiais na área da Cultura dêem uma colaboração positiva que não ameacem esta distinção. Os Verdes recordam “noutros casos, nomeadamente no Alto Douro Vinhateiro”, não se verificou este cuidado.
“O Alto Douro Vinhateiro, paisagem classificada pela UNESCO, está a ser conspurcada pelas próprias entidades que a deviam proteger e salvaguardar, com a possível construção da Barragem de Foz Tua”, acusam os ecologistas.
Nova geração de fadistas é "louvável"
O PEV “louva” também esta “nova geração de fadistas”, que tornou possível “reconciliar esta expressão artística portuguesa com a juventude”. Por outro lado, também merecem uma palavra “todos os que estiveram por detrás desta candidatura”, com expoente máximo “no Museu do Fado”.
O Plano de Salvaguarda deste Património Imaterial da Humanidade, segundo este partido com assento parlamentar, “vai ser concretizado” e contribuirá para uma “maior valorização e divulgação do fado”, que “continuará vivo, criativo e com futuro”.
“Os pilares de sustentação do fado estão alicerçados nos fadistas, nos artistas, no povo português e ainda no Museu do Fado”, realça a nota do PEV.
- In PTJORNAL.COM

Nenhum comentário: