segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Anos 30 - A Régua que ainda não se perdeu de vez...

Postal ilustrado que mostra a Avenida João Franco nos anos 30 desenhando uma Régua que ainda não se perdeu de vez e sabe encontrar-se com a beleza e a poesia do seu rio.

A importante Avenida João Franco é uma autentica varanda para o cais da Régua e para a bacia do rio Douro, sulcada em tempos pelos famosos "barcos rabelo" que ali vinham carregar  as pipas de vinho de Porto destinadas aos armazéns de Gaia.

A Avenida João Franco (de ontem e de hoje) é o lugar mais procurado para apanhar a frescura nas quentes noites do verão da Régua e, nos dias das festas em honra de Nossa Senhora do Socorro, para ver os arraiais com fogos de artificio.

Nesta avenida se situavam os armazéns da Companhia Geral das Vinhas do Alto Douro, hoje transformados em moderno espaço cultural da região, da vinha e do seu famoso  vinho do Porto: o MUSEU DO DOURO!

Mas, a avenida João Franco dos ano 30 tem muita poesia. É mais calma e, quem sabe, tem  mais silêncios, personalidade e história que a de hoje.

Clique na imagem para ampliar e ver melhor a avenida João Franco dos anos 30.
- Texto e imagens sugeridos por J. A. Almeida - Régua,  em Fevereiro de 2010.

Nenhum comentário: