quarta-feira, 5 de junho de 2013

UM CORETO QUE É DA RÉGUA !

Desapareceu, o CORETO, do "matadouro municipal" em Godim ... E em boa hora, pois, segundo nos contam, reaparecerá em breve, novinho em folha, lá pelo "Peso", junto à Igreja Matriz. 

Não nos cabe mais, nesta hora em que apreciamos o Douro e a Régua em seus tons quentes, perfumados e fortes de primavera quase verão, criticar a localização, o silêncio, a demora em o rejuvenescer..., mas sim aplaudir felizes o ressurgimento deste histórico monumento, na sua magnífica simplicidade de gosto tão popular, tão português, que nos conta histórias de paixões e festas passadas que poderão ser revividas. 

Palavra que ficamos felizes. E acredito que a "Régua em Peso" também ficará ! - J. L. Gabão, Junho de 2013.
Portal da Câmara Municipal do Peso da Régua - 05 de junho de 2013
- Área envolvente à Igreja Matriz requalificada. Coreto devolvido à população reguense. 

"Está em curso a requalificação da área envolvente à Igreja Matriz do Peso da Régua. A intervenção traduz-se na requalificação dos canais rodoviários e dos espaços de circulação pedonal que o circundam, integrados na Rua do Calvário, Largo D. Manuel Vieira de Matos e Largo do Souto. A ação tem por objetivos introduzir uma distinção clara entre os espaços para peões e automóveis, reforçando os que são de estadia e os de acesso ao adro da igreja, disciplinando e potenciando o estacionamento automóvel e redefinindo os sentidos de tráfego, de forma a anular os atuais constrangimentos.

Esta obra corresponde a um investimento de cerca de 200 mil euros. O prazo de execução previsto é de 3 meses.

Um elemento urbano de forte memória coletiva da cidade do Peso da Régua - o coreto (desmantelado aquando da requalificação urbana que eliminou o Jardim Alexandre Herculano) – será recuperado e instalado no largo, reforçando assim este local como espaço de estadia e de acontecimentos diversos. 

Todos os pavimentos serão redefinidos com a introdução de duas variantes de cubo de granito e com a repavimentação da rua à ilharga do largo que manterá o betuminoso.

A iluminação pública será remodelada com a introdução de novos pontos-de-luz e a recolha de águas pluviais será redefinida. Todo o espaço será dotado de novo mobiliário urbano, bem como de um ponto de recolha seletiva de resíduos sólidos urbanos.

A intervenção sustenta-se na compreensão e respeito pelo contexto preexistente, de modo a de que o resultado final não perturbe todo o antigo conjunto, num esforço de integração serena e harmoniosa, quer sob o ponto de vista arquitetónico, quer através de uma racional e sintética escolha de materiais."
A "sofrida epopeia" do antigo CORETO DO JARDIM ALEXANDRE HERCULANO neste blogue ao longo dos últimos anos !

Clique nas imagens para ampliar. Edição de J. L. Gabão para o blogue "Escritos do Douro" em Junho de 2013. Este artigo pertence ao blogue Escritos do DouroSó é permitida a reprodução e/ou distribuição dos artigos/imagens deste blogue com a citação da origem/autores/créditos.

Nenhum comentário: