quarta-feira, 11 de maio de 2011

Dr. Soveral Andrade - Era um dos nossos…


Dr. Soveral Andrade
(1953-2011)
Era um dos nossos…

“Nisto erramos: em ver a morte à nossa frente, como um acontecimento futuro, enquanto grande parte dela já ficou para trás. Cada hora do nosso passado pertence à morte."
(Séneca)


"Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos."
(Miguel Unamuno)


Os amigos morrem cedo, muito antes do tempo. Alguns morrem cedo demais. Morreu aos 58 anos de idade, no dia 9 de Maio do corrente ano, José Luís Montenegro Soveral Andrade, vitima de doença prolongada, personalidade conhecida, distinta e reconhecida pelo seu prestígio no foro na Régua e em muitas outras comarcas judiciais onde fez uma brilhante advocacia.

 O Dr. Soveral Andrade era um excelente grande advogado, dizem todos os seus colegas. Digo-o também eu que fui seu estagiário no seu primeiro escritório instalado numa sala no rés-do-chão da casa dos seus pais, na Av. Antão de Carvalho. Consegui-o, pelo seu saber e trabalho árduo, ser o melhor da sua geração.

A sua vida, apesar de curta, mas certamente cheia de vivências, deixa marcas na sociedade reguense. Os seus 58 anos de vida não foram em vão, foram cheios, intensos, muito cheios pelo que fez a nível profissional e social. Com os amigos era insuperável na maneira delicada e fácil como partilhava os seus momentos de evasão e sonhos. Em nós, é natural que nos deixa tristeza e saudades pela sorte que tivemos de usufruir a sua companhia.

Mas deixa, sobretudo, um exemplo da sua dimensão humanista na Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Peso da Régua, talvez desconhecido de muitos reguenses.

Nos anos de 1984-87, ele serviu a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Peso da Régua como Presidente de Direcção.

Foram três anos da sua vida que contribuíram para uma causa maior, a dignificação do associativismo e do voluntariado. Não trabalhou para receber méritos nem medalhas. Soube dignificar os princípios e com a sua experiência ajudou os soldados da paz a cumprirem o lema mais importante de uma missão de socorro: “vida por vida”.

Não podemos dizer que fez tudo o que seria possível, mas deve ter sentido muitas preocupações nas reuniões de direcção, o que não foram barreiras ou obstáculos que não vencesse pelo seu génio, talento e dinamismo. Sabemos que a sua acção se destacou, principalmente, na resolução dos problemas financeiros que surgiram após a construção do Bairro Social dos Bombeiros.
Depois de deixar de exercer esse cargo directivo, o Dr. Soveral Andrade permaneceu como um simples associado, mas esteve ser presente para os bombeiros. Quando a sua ajuda era precisa, nunca recusou dar as palavras de conforto e de estímulo e de, muitas vezes, aconselhar e prestar serviços jurídicos a título gratuito.

O Dr. Soveral Andrade esteve a nosso convite, pela última vez, no Salão Nobre do Quartel dos Bombeiros da Régua, no dia 28 de Novembro de 2010, para assistir às cerimónias da sessão solene do 130º aniversário da Associação.

Para nós era um momento particularmente importante. Estava presente o Dr. Duarte Caldeira, o Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, a anunciar a realização do 41º Congresso Nacional dos Bombeiros, em finais de Outubro, na Régua.

No seu olhar, adivinhamos-lhe um regozijo por saber que tínhamos conseguido prestigiar os velhos pergaminhos da centenária Associação como uma das melhores e mais importantes do país.

Acreditem que termos o Dr. Soveral Andrade, ao lado de mais cinco antigos presidentes de direcção, naquela majestosa sala, nos honrou e deixou mais satisfeitos. Aquele momento, foi privilegiado para lhe pudermos dizer uns breves elogios, aos quais ele fez um sorriso de agradecimento.

A Associação e os Bombeiros da Régua estão de luto. Depois da sua família, sentem com dor e mágoa a perda de um dos seus melhores homens, um dedicado cidadão, sensível e generoso, que trabalhou uma pequena parte da sua vida para fazer o BEM.

Era um dos nossos…

Na história da Associação, o seu nome será evocado pela sua disponibilidade e gratidão. Por isso, sentimos muito, quando nos avisaram, da sua partida inesperada.

O seu corpo foi sepultado, ao fim tarde de 11 de Maio, no cemitério de S. João da Pesqueira. Os bombeiros acompanharam o seu funeral da Capela da Casa da Criança até à missa de corpo presente celebrada na Igreja Matriz. Na passagem pelo quartel tocaram a sirene, em seu respeito, a assinalar o último adeus, enquanto o estandarte da Associação cobriu o seu caixão até descer ao jazigo da família.

A sua memória ficará connosco na Régua, no coração dos seus amigos e colegas de profissão e, em especial, nos Bombeiros da Régua.

Até sempre, Dr. Soveral Andrade.
Até sempre, amigo Zé Luís.

Como dizia Santo Agostinho nos seus escritos de fé, sabemos que ele não está longe de nós, que está apenas do outro lado do Caminho...

Como o fazia junto de nós, a sorrir para a vida que viveu com alegria, paixão e, sempre intensamente, nos seus limites.

Estejas onde estiveres neste momento, queremos que saibas que és mesmo um Amigo, verdadeiramente, único e inesquecível.
- Peso da Régua, 11 de Maio de 2011
José Alfredo Almeida
Presidente da Direcção da AHBV de Peso da Régua.
Obs. - Clique nas imagens acima para ampliar.
== :: ==
Dr. Soveral Andrade
(1953-2011)
Jornal "O Arrais", Quinta feira, 19 de Maio de 2011
(Dê duplo click com o "rato/mouse" para ampliar e ler)

Dr. Soveral Andrade (1953-2011)

Nenhum comentário: